um conto austríaco para nossos pequenos leitores

Frau Hitt - a lenda tirolesa original

Nos tempos antigos, quando o vale ao redor de Innsbruck ainda era habitado por gigantes, no alto das montanhas vivia a gigantesca rainha Frau Hitt. Ela governava um reino de campos e florestas. Mas ela era altiva e de coração duro. Todos os seus súditos a temiam. Um dia, enquanto a Sra. Hitt montava seu cavalo por um caminho íngreme, uma mendiga e seu filho chegaram à borda da floresta. A pobre mulher implorou à rainha que lhe desse um pedaço de pão para seu filho. Então a Frau Hitt quebrou uma pedra da rocha e a entregou à mendiga como pão. A mendiga deixou cair o pedaço de pão no chão e gritou com raiva: "Duro como a pedra é o teu coração, e à pedra te tornarás"! A rainha gigante só riu da maldição, e cavalgou imperturbável.

A Sra. Hitt teve um filho pequeno, que ela amava acima de todas as coisas. Ele ela estragou e mimou muito. Uma vez o menino estava brincando na floresta próxima, acompanhado por um guarda florestal. Lá ele descobriu uma arvorezinha particularmente bonita e gritou: "Eu quero ter isso! Vou fazer disso um cavalo de batalha"! O guardião da floresta pediu ao menino que deixasse a árvore de pé, pois a floresta de proibição era sagrada para os camponeses. Mas o garotinho não obedeceria. Ele correu para a pequena árvore e tentou dobrá-la com todas as suas forças. Mas a madeira maleável escorregou por suas mãos, e jogou a criança gigante no pântano. Ele se mexeu novamente, mas estava coberto de lama fedorenta. O menino correu uivando para sua mãe no castelo. Ela o acalmou e ordenou que seu criado limpasse o menino com migalhas de pão macio. Logo que o criado começou a fazer isso, o céu escureceu e uma enorme avalanche de pedras e lama bramiu pela encosta da montanha.

Quando o céu voltou a clarear, o próspero reino da Rainha Gigante havia se tornado um deserto vazio. A maldição da mendiga tinha se tornado realidade: A Sra. Hitt e seu filho gigante haviam sido transformados em figuras rochosas cinzentas. Eles são entronizados para sempre como um memorial de pedra na Nordkette acima de Innsbruck.