FALAMOS SUÍÇO

A SUÍÇA TEM 4 LÍNGUAS NACIONAIS

Além da língua mais falada na Suíça, o suíço-alemão, a Suíça tem mais três línguas nacionais; O francês, o italiano e o reto-românico.

O multilinguismo é uma característica particular da Suíça. Com seus quatro idiomas nacionais, alemão, francês, italiano e reto-românico, a Suíça é um destino perfeito para aqueles que desejam explorar novas culturas, costumes e línguas.

Embora a maioria da população residente da Suíça (63,5%) fale suíço-alemão, isto não garante a compreensão mútua entre as pessoas. A diversidade dos dialetos de alemão-suíço falados no país é tão grande que, mesmo falando a mesma língua, nem sempre nós entendemos...

O que para o povo suíço-alemão parece uma benção, para qualquer pessoa que queira aprender a língua é uma grande dificuldade: O suíço-alemão não conta com regras gramaticais fixas e é, portanto, uma língua puramente falada. Qualquer um pode escrever as palavras do jeito que as ouve, sem regras. Assim acontece que até dentro da mesma família, as pessoas escrevem as mesmas palavras de uma forma um pouco diferente. Devido a isto, o suíço-alemão é considerado um dialeto do Alemão e não uma língua independente, embora o vocabulário difira consideravelmente do Alemão falado na Alemanha – quer ouvir? Participe do nosso Deutsch-Café no dia 19 de junho e ouça o nosso Podcast!

Mas isso não é tudo - a Suíça também possui três outros idiomas nacionais. As pessoas também podem conversar em francês (22,5%), que também tem diferentes dialetos regionais, italiano (8,1%) ou romanche (0,5%).

23,3% da população Suíça, porém, não tem qualquer uma das quatro línguas nacionais como língua materna, e o inglês e o português são as línguas estrangeiras mais faladas na Suíça.

A PALAVRA SUÍÇO-ALEMÃ DO ANO 2020 É "SYSTEMRELEVANT"

A palavra suíço-alemã do ano 2020 é "systemrelevant" ou sistemicamente relevante em Português.

Ela surgiu relacionada com as profissionais de saúde e dos servidores e vendedores em supermercados que foram ainda mais importantes no ano passado e neste ano, para que o sistema continue funcionando e para que a vida podia seguir, mesmo em meados da pandemia.

Além disso, o Conselho Federal da Suíça determinou quais setores são indispensáveis para a sociedade e para a economia, para decidir quais deles devem permanecer em funcionamento durante um Lockdown no país, ou seja quais são “systemrelevant”. Por outro lado, cada indivíduo se perguntou: eu também não sou relevante neste sistema?