FALAMOS ALEMÃO

Luxemburgo é um ambiente resolutamente multilíngue: a maioria dos luxemburgueses fala e escreve quatro línguas em diferentes esferas da vida - privada, profissional, social, cultural e política. Este multilinguismo tem sido definido legalmente desde 1984 com o Lëtzebuergesch (língua luxemburguesa) como a língua nacional e o francês como a língua utilizada para assuntos legislativos, enquanto o francês, o alemão e o Lëtzebuergesch compartilham o status de línguas administrativas e judiciárias.

A língua alemã, como todas as outras línguas faladas em Luxemburgo, é usada em diferentes contextos socioculturais:

Na escola

Aos seis anos de idade, as crianças aprendem a ler e escrever em alemão. A língua franca adotada no ensino fundamental é o alemão. Durante os primeiros anos do ensino secundário, a maioria das matérias continua a ser ensinada em alemão. No sistema de ensino secundário clássico, a língua franca para todas as matérias que não sejam cursos de línguas torna-se francesa, enquanto que o alemão prevalece no sistema de ensino secundário orientado para a vocação.

Nas administrações

De acordo com as disposições da Lei de Línguas de 1984, "francês, alemão ou luxemburguês podem ser usados" em assuntos administrativos e judiciais. Isto significa que os cidadãos podem se candidatar à administração em qualquer um destes três idiomas, e que os funcionários devem tentar "tanto quanto possível" responder no idioma utilizado pelo requerente.

Na mídia

A imprensa escrita de Luxemburgo sempre foi multilíngue. Enquanto o luxemburguês é a língua mais usada nas estações de rádio e canais de televisão de Luxemburgo, o alemão sempre foi a língua dominante na mídia impressa, especialmente daqueles jornais que cobrem a política nacional e as notícias locais. Mesmo que a imprensa de Luxemburgo seja geralmente dominada pela língua alemã, nenhum jornalista teria um problema com o fato de ter traduzido um trecho de uma lei redigida em francês para um artigo escrito em alemão - e o leitor também não ficaria perturbado com isso.

Na literatura

A literatura de Luxemburgo fala muitos idiomas, assim como seus autores. Esta diversidade literária reflete o rico contexto linguístico de Luxemburgo e é resumida pelo termo coletivo "Luxemburgensia", uma expressão que se refere a tudo o que é escrito, impresso ou composto por luxemburgueses, em Luxemburgo ou sobre Luxemburgo, independentemente da língua utilizada.

Os autores encontram seu público de leitores escrevendo no idioma com o qual são mais apaixonados. O alemão junto com o luxemburguês são os idiomas mais utilizados para livros infantis, sejam textos originais luxemburgueses ou traduções de livros estrangeiros.

Ouça o podcast com o autor luxemburguês Guy Helminger para saber mais sobre os vínculos literários entre Luxemburgo e o Brasil.