UMA VIAGEM PELA BÉLGICA

A Bélgica tem a maior densidade por km² de castelos no mundo. O Castelo Real de Laeken é maior que o Palácio de Buckingham.

O país tem inúmeros museus: De história em quadrinhos, Ciências naturais, artes, culturas, história, instrumentos de música, arquitetura,...

Que tal uma jornada pela história atípica de três municípios da comunidade germanófona da Bélgica? Esses três museus abaixo surpreendem e encantam seus visitantes:

1. O Museu de Cerâmica Raeren localizado no impressionante Castelo de Raeren que enfatiza as descobertas arqueológicas que foram feitas na vila.

2. O Museu da Cidade Eupen é um convite a descobrir a idade de ouro da cidade no século XVIII.

3. O Museu Vieille Montagne, em La Calamine (alemão: Kelmis), é uma viagem por 103 anos de história.

Para saber mais sobre os museus clique aqui.


Também existe festivais de música de todos os gêneros, como Tomorrowland que já veio ao Brasil, Rock Werchter, Pukkelpop, I love Techno, Couleur Café, Graspop, Folk Dranouter, Dour, etc. Como Hamilton de Holanda, muitos músicos brasileiros já tocaram na Bélgica.

A Bélgica é o país dos músicos de jazz e a terra natal de Adolphe Sax (1814-1894), o inventor do instrumento musical que tem o seu nome: o saxofone. A Bélgica tem ainda uma versão samba do seu hino nacional, tocada pelo trompetista Greg Houben.


A Bélgica é o lar por excelência da revista em quadrinhos (Tintim, Os Smurfs…), ela possui a maior concentração de autores de HQ do mundo, mais do que no Japão e tem vários museus dedicados a este assunto. Quer saber mais? Clique no Le Tour de Belgique en BD (en francês)! Ou assiste num vídeo sobre quadrinhos aqui:


E, para terminar, descubra nesta galeria tudo que a Bélgica tem a oferecer: Focus on Belgium